A sabedoria da mãe natureza

Imagine você que a natureza deu uma falhada, resolveu mudar o curso das coisas e ao invés de as pessoas nascerem bebês elas passaram a nascer adolescentes. Não vamos pensar na inviabilidade da coisa: você ali, de pernas abertas, respirando cachorrinho e fazendo força para ejetar um menino de bigode ralo e um metro e setenta.

Aconteceu. Ao invés de ele nascer roxinho e com cara de joelho, ele já veio de gel e topete rockabilly, com uma camiseta da Abercrombie. Mas nasceu sem saber nada ainda, só com a personalidade de um adolescente. Não chorou quando veio ao mundo: só deu uma sonora bufada que fez ventar o seu cabelo suado pela força que fez ao parir.

É teu filho, é teu momento com ele. O pai filmando o nascimento e você ali, vertendo lágrimas de emoção, tenta dar um beijinho nele, mas ele vira a cara. Ok, você pensa, é um momento difícil vir ao mundo. Você compreende e em uma nova tentativa de acariciar seus cabelos, ele tira a sua mão: “Agora não, mãe!”. Que lindo! Ele já sabe falar e você nem se atentou para o tamanho do problema que será isso.

Ele ainda está sujo de placenta e você o manda para o primeiro banho. “Já já”, ele responde, sem nem se incomodar com as melecas uterinas.

– Filho, pode ser agora? – você tenta mais uma vez.
– Daqui a pouquinho eu vou.

Trinta minutos depois:

– É que você está sujo…
– Que saco!

E vem outra bufada, seguida de uma batida de porta que acorda todo o andar da maternidade. Se passam quarenta minutos e ele ainda está no banho, gastando a Cantareira.

Você precisa ficar ali por uns dias para se recuperar do parto, mas ele começa a pedir para ir embora. Está impaciente porque quer ir para casa logo mexer na internet.

Aí chega a hora de decidir o nome.

– Acho que vou te chamar de Lucas.
– Não gostei.
– Por que?
– Não sei.
– Eu acho tão bonito.
– Eu não.
– Mas eu quero.
– Mas eu não.

E você desiste. É melhor ser feliz a ter razão e em menos de um dia você já está querendo mais é que se foda, ele escolhe o nome que ele quiser e quando ele quiser.

Então vocês vão para casa e nos próximos dias você não vai mais vê-lo. Ele vai ficar socado no quarto e só vai sair para comer. No terceiro dia de papinha, ele vira os olhos:

– Meu Deus, mas só tem isso?

Você respira fundo, conta até mil, pensa em se matricular na yoga, começar a meditar.

Até que toca a campainha e são seus amigos que chegaram para visitar o seu filho pela primeira vez. Todo mundo feliz pelo nascimento do rebento e lá está ele, socado no quarto de novo.

– Filho, vem ver a tia Marlene, o tio Tonico, o seu primo André, a Vandinha, tá todo mundo aqui pra te ver.
Ele sai de lá por dois minutos com uma puta cara de merda. Bufou de novo, com certeza.

– E aí, Lucas? – o tio Tonico puxa assunto – Para quem você vai torcer no futebol?
– Não sei se vou chamar Lucas ainda e vai depender… Pra quem a minha mãe torce?
– Corinthians! Aqui é todo mundo Corinthians!

E ele imediatamente começa a gritar:

– PALMEIRAAAAAAAAAAAAAAS! PALMEIRAAAAAAAAAAAAS!

Porque, afinal, ele é do contra. Não é que ele te odeie, é que ele nasceu adolescente. E você já está ligando para o médico dois dias depois do parto para marcar uma laqueadura.

Anúncios

4 comentários

  1. Mellina · abril 29, 2015

    tente lembrar que você era exatamente igual ou pior na idade dele….Paciência Lelê….muita paciência . vai passar fica sossegada…

    Curtir

  2. Dona Rose: sua mãe a avó do adolescente · abril 29, 2015

    meu Deus, isso é um baita dum pesadelo….daqueles pra não querer passar nem em frente a uma maternidade…

    Curtir

  3. Eduardo Cruz · abril 29, 2015

    Leonor, sou fã demais dos teus textos. Eu já tou vivendo os chiliques de uma pré-adolescência aos 9 anos de idade. Quando leio teus textos, não sei se me desespero com o que vem por aí, ou se agradeço ainda não ter chegado à essa fase. De um jeito ou de outro, bom demais de ler.

    Curtir

  4. Roberta · abril 30, 2015

    Assino embaixo da Dona Rose. G-zus, gata. O meu tem 8 e já começou a dar sinais. Acabou mesmo né? Nunca mais terei meu filho amável de volta? 😥

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s